Todos os concelhos do país devem, ainda neste trimestre, elaborar e aplicar as “Provas de Integração”

Esta foi uma das conclusões saídas do encontro de reflexão sobre o reforço das competências locais que reuniu na última semana na Praia, coordenadores do ensino básico de todo o país.

Segundo Lídia Évora, este encontro de reflexão serviu para fazer o balanço dos dois anos de generalização dos novos currículos. Foi um encontro frutífero, na medida em que, os participantes estiveram a elaborar provas que servirão para avaliar as competências dos alunos.

Aliás, uma das recomendações saídas do encontro diz precisamente que, ainda neste trimestre, todos os professores e coordenadores pedagógicos do país devem iniciar o trabalho de elaboração e aplicação das provas de integração, para avaliar as competências dos alunos.

Trata-se, segundo Lídia Évora, de uma prova para avaliar competências que os alunos vão adquirindo nomeadamente os alunos do primeiro e segundo ano do ensino básico. “Estamos a fazer essa experimentação de avaliação e pretendemos que todos os concelhos a apliquem este ano, para vermos se efectivamente está-se a fazer abordagem e o desenvolvimento de competências”, frisou.

Durante o atelier foram debatidas outras questões de natureza pedagógica, que estão ligadas a práticas nas salas de aula e a importância dos professores e coordenadores fazerem um trabalho de diferenciação nas salas de aulas.

 Segundo Lídia, esse trabalho de diferenciação irá consistir em “ter em atenção a produção que os alunos estão a fazer através do caderno diário, e não só. De outros que poderão desenvolver dentro da sala. Fazer esse diagnóstico permanente, para poderem acompanhar os alunos, conhecer os que têm dificuldades e os que não têm. Portanto, tentar também trabalhar na prática pedagógica na sala de aula, de uma forma diferenciada, de modo a adequar o processo ensino-aprendizgem às necessidades dos vários alunos”.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.