TARRAFAL SANTIAGO: BETO DIAS E SUZANNA LUBRANO SÃO CABEÇA DE CARTAZ DE NHU SANTO AMARO 2016

 

 

Tarrafal, 06 Jan (Inforpress) – Os artistas Beto Dias e Suzanna Lubrano, que lançaram recentemente um single que marcou o regresso dos dois aos palcos, são cabeças de cartaz do festival de música de Nhu Santo Amaro.

O cartaz, enquadrado nas festividades do 15 de Janeiro, Dia do Município e santo padroeiro Nhu Santo Amaro, divulgado hoje, integra ainda Charbel e Banda, Cabo Verde Show, Broda Music, composto por Djodje, Rick Boy, Dynamo, Josslyn Medina e Banda, Elida Almeida, Ceuzanny, Eddu, Lippe Monteiro, Willy Semedo e Banda, Lejemea, Gama e Banda e Primitive.

Dos artistas locais destacam-se Menos Crioulo, jovens revelação do Tarrafal, grupos de Hip Hop, Talentos Tarrafal e Banda.

O programa das festividades de Nhu Santo Amaro Abade, este ano sob o signo de elevação das festividades de Santo Amaro Abade à categoria de património cultural e imaterial, foi apresentado hoje, no Tarrafal, pelo presidente da Câmara Municipal, José Soares.

Na ocasião, o autarca avançou à imprensa que este propósito já não é mais uma “ideia”, mas sim um projecto que está “bem encaminhado”, argumentando que prova disso é a realização de uma conferência que vai debater a questão.

De acordo com o presidente, está agendado para o dia 14, um festival de animação cultural denominado “Festival de Paragi”, tido como uma das novidades das festividades deste ano que vai decorrer no terminal rodoviário, a anteceder o festival de música marcado para 15 e 16.

A ideia, explicou José Soares, é proporcionar, particularmente às vendedeiras e os condutores, momentos de lazer e de confraternização.

Na sequência do festival de música, informou, há espaço ainda para a realização do Festival de Migrante, que tem sido organizado pelos emigrantes em férias, em parcerias com a edilidade, marcado para dia 17, em Chão Bom.

Já para o festival “Tarrafal na Diáspora” vai contar com a presença de Tó Semedo, Blick Tchutchi, Bela, Milódia e DJ Mafia.

Para este ano, o destaque vai também para a realização de duas conferências, a primeira, de cariz internacional, denominada “Festas de Nhu Santo Amaro – Património Religioso, Turismo e Desenvolvimento Local” e a segunda, nacional, intitulada “Turismo desportivo como estratégia para promoção do desenvolvimento do município”.

Uma outra novidade, de acordo com o autarca, é a realização de uma exposição em frente ao Mercado Municipal de Artesanato e Cultura, onde se pretende mostrar as principais realizações da autarquia.

Para os dias dedicados ao festival, 15 e 16, orçado em sete milhões de escudos, quem quiser entrar no recinto do espectáculo vai ter de pagar uma quantia ainda não divulgada.

FM//JMV

Inforpress/Fim

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.