SANTA CATARINA: FESTICORAL SOBE AO PALCO EM ASSOMADA

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA CATARINA DE SANTIAGO

GABINETE DE COMUNICAÇÃO E IMAGEM

 

 

Prezado/a Jornalista

À imagem do que já havia acontecido durante a sua primeira edição, em dezembro de 2016, a 2ª Edição do International Festicoral Praia vai ter uma extensão na cidade do planalto, sob o lema “Cantar a Praia em Assomada”. É já esta segunda-feira, 27, e ao palco da Zona Pedonal, a partir das 17h00, sobem o Orfeão da Praia e o Biayenda Choir, de Dakar, Senegal.

O festival é organizado pelo Orfeão da Praia, enquadrando-se na homenagem aos 161 anos do município, reunindo-se na capital do país cerca de 140 pessoas, entre coralistas, instrumentistas, coreógrafos e regentes de Cabo Verde, Brasil, Portugal, Senegal e França.

Orfeão da Praia

Associação cultural sem fins lucrativos, o Orfeão da Praia (OP) vem trabalhando, desde 2009, em prol da divulgação da música caboverdiana não só na ilha de Santiago, mas também nos países d’além mar, contando desde essa altura com um número de atuações bastante significativo.

Após a organização do 1ª Edição do International Festicoral Praia, em que o OP recebeu o Coro dos Antigos Estudantes de Coimbra, Portugal, composto por 52 elementos, o Acorde do Rio Grande do Norte, Brasil, com 15 elementos, o Embracanto de Maceió, Brasil, com 32 elementos, o Coro Voz d’Alma de Mindelo, São Vicente, com 17 coralistas, e ainda dois documentaristas alagoanos e um maestro/formador do Rio de Janeiro, o Orfeão da Praia sentiu-se encorajado a realizar o 2º International Festicoral Praia, face aos elogios recebidos.

A primeira edição do Festicoral só foi possível com o apoio e aposta de parceiros, que conhecendo a dedicação do grupo decidiram patrocinar o evento, diga-se de passagem, o mais ousado do Orfeão da Praia.

O valor global do projeto deixou inicialmente os parceiros reticentes quanto à viabilidade do mesmo, mas fatia a fatia o orfeão constituiu o seu bolo e atingiu em pleno o seu objetivo. O encontro com grupos congéneres muito experientes foi uma mais-valia para o Orfeão da Praia, não só no que concerne à autoformação dos elementos que o compõem, como também à divulgação do nome do grupo, em particular, e da ilha de Santiago, no geral.

Biayenda Choir

Coral misto intercultural composto por 15 coralistas amadores de várias nacionalidades, foi criado em 1996 em Dakar por iniciativa de jovens apaixonados pelo canto.

Através da interpretação de um repertório diversificado, este coro multicultural aborda com igual felicidade a música tradicional e a música moderna (folclore, world music), além das fronteiras dos continentes, épocas e estilos (espirituais, gospel, R & B, comédia musical), com predileção pela música polifónica africana, secular ou sagrada.

Biayenda Choir convida a uma redescoberta destes tesouros musicais enterrados nas raízes do nosso continente, com os seus ritmos e melodias peculiares aos povos autóctones. Na cena musical, o coro colaborou com grandes maestros como Michel Piquemal e com muitos corais estrangeiros, incluindo o Coro Regional Vittoria de Ile de France, mas também com artistas senegaleses como Coumba Gawlo Seck, Metzo DJATA, Yoro Ndiaye, a quem ele acompanhou no palco ou ainda mais recentemente, com o saxofonista camaronês Alain Oyono em seu single "Mbëggel".

Depois de um primeiro álbum, o Choir lançou um single em 2016, para marcar seu 20º aniversário.

Com presença regular em grandes eventos em nível local, o coral participou no Jubilate International Festival, em Legnano, Itália, em 2017, bem como no Festival Internacional Cal'u, em Dakar, em 2017, e no Meeting Point of Religions Festival em Sharm El. Sheik, no Egito, em 2015.

No campo social, desde a sua criação, o coro tem-se envolvido em trabalhos de solidariedade aos pobres (leprosos, deficientes, prisioneiros) e na luta por crianças carentes (deficiência mental, deficiência, filhos de pobres). Atualmente, o coro dedica-se, mais particularmente, às iniciativas de paz na sub-região através do Grupo de Trabalho Mulheres, Jovens, Paz e Segurança, em parceria com a UNOWAS.

A construção de um planeta com uma face mais humana, em que nossas diferenças constituirão o terreno fértil das riquezas a serem compartilhadas no respeito de cada um por um destino melhor, é a grande linha orientadora do Biayenda Choir.

    


 

-- 

Com as melhores saudações,

António Alte Pinho
Coordenador do Gabinete de Comunicação e Imagem
Câmara Municipal de Santa Catarina


Rua Padre Louiz Allaz (antigas instalações da RTC) | Assomada | Santa Catrina | Cabo Verde
(+238) 938 45 59 - 534 78 40 |
 
comunicacao.santacatarina@gmail.com | www.cmscst.cv | web.facebook.com/CMSCST/

 

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.