SANTA CATARINA: Debater o futuro na senda do progresso

Após a aprovação do Plano Diretor Municipal, o concelho da cidade do planalto tem em sua posse um instrumento central para o progresso e desenvolvimento social de uma região que vem marcando toda a ilha de Santiago e afirmando Assomada como alternativa à capital do país. O fórum sobre gestão do território colocou o debate em cima da mesa.

O futuro discutiu-se esta quinta-feira, 8, na cidade de Assomada. O fórum “Gestão do Território em Santa Catarina” revisitou questões centrais para o desenvolvimento e o progresso social deste município de Santiago Norte e motor da economia da ilha.

Questões, cujas respostas “serão elementos importantíssimos para as equipes que estão a elaborar os planos de Ribeira da Barca, de Rincão, de Assomada”, como referiu o edil local, Francisco Tavares, marcaram um dia onde o Plano Diretor Municipal (PDM), aprovado pelo Governo em março último, foi a linha central de um debate onde Ribeira da Barca, Rincão e o centro histórico de Assomada estiveram em cima da mesa.

 

 

Governo garante parceria

Presente na abertura do fórum, o ministro do Ambiente, Habitação e Ordenamento do Território, Antero Veiga salientou que o PDM é “um instrumento que vai propiciar um diálogo pró-ativo virado para o futuro, para construção daquilo que almejamos atingir nos próximos 12 anos”, o período da sua implementação, e cujos planos de detalhe começam agora a ser elaborados. “Já assegurei ao município de Santa Catarina, posso aqui também dizer todos os municípios do país, que contem com a parceria que tem existido com o Governo nesta área, no esforço que estão a envidar para adotar os vários centros urbanos dos planos de detalhes necessários”, garantiu Antero Veiga.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.