Principais ameaças à segurança nas praias são os banhistas que desafiam os seus próprios limites

Banhistas que desafiam os seus próprios limites e que não respeitam as indicações dos salva-vidas são as principais ameaças à segurança nas praias de banho.
Este sublinhado é de Jandir Leite, coordenador do serviço de segurança balnear da Agência Marítima e Portuária. Em entrevista à RCV a propósito do plano de segurança para o Verão que se avizinha, o coordenador do serviço de segurança balnear da Agência Marítima e Portuária, disse que entre um de Junho a trinta de Setembro todas as principais zonas balneares do país estarão cobertas pelo plano Verão Seguro. Esse trabalho da Agência Marítima e Portuária passa pelo reforço, a nível nacional, das acções de formação de mais nadadores-salvadores, da sensibilização das pessoas para a necessidade de respeitarem as elementares regras de segurança e ainda pelo alargamento da sinalização a mais praias do país. Na colação de nadadores salvadores nas praias, Jandir Leite destaca a colaboração que a Agência Marítima e Portuária tem tido de algumas Câmaras Municipais, parcerias que desejam ver estendidas a todas as ilhas. Os banhistas devem ser responsáveis e não desafiarem os seus limites e a natureza, realça o coordenador do serviço de segurança balnear da Agência Marítima e Portuária. Para reforçar essa consciência, a AMP vai levar os conhecimentos de segurança aquática às escolas. Fonte – RTC

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.