Turismo

Santa Cruz apresenta condições naturais que poderão ser potencializadas para o desenvolvimento do Concelho, nomeadamente, as paisagens exóticas, a sua riqueza cultural, a gastronomia, o mar, a música: funaná, batuque, finason e tabanka.

Apesar do turismo ser uma vertente ainda por explorar poderá vir a constituir uma oportunidade para o desenvolvimento sócio-económico do Município, devido às condições geográficas e naturais atraentes para a sua prática tanto de montanha, como de praia.

O Núcleo de Santa Cruz da Câmara de Turismo de Cabo Verde, em articulação com a Câmara Municipal de Santa Cruz, identificou 9 potenciais Aldeias Turísticas no Município, integradas no resort virtual denominado Resort Funaná Santiago Maior.

- As referidas Aldeias Turísticas são: 

- Aldeia Turística de Achada Lage, Saltos Abaixo e Ponta Saltos;

- Aldeia turística de Cancelo e Achada Belbel;   

- Aldeia turística da Barragem da Figueira Gorda

- Aldeia turística do Porto Fundo;  

- Aldeia turística da Cidade de Pedra Badejo;  

-Aldeia turística da Ribeira dos Picos;  

-Aldeia turística da Achada Igreja, Achada Fazenda e Achada Ponta;  

-Aldeia turística da Barragem do Poilão

-Aldeia turística do Monte Negro;
 

Atrativos turísticos naturais

Os recursos naturais do concelho de Santa Cruz são bem visíveis ao longo da estrada principal, expondo uma grande diversidade de paisagens antrópicas e contrastantes. A flora e a fauna dos municípios de Santiago não variam muito, mas cada um apresenta suas características inerentes e no concelho em causa pode-se destacar a águia-pescadora (Pandion haliaetus), o Andorinhão (Apus alexandri), a tartaruga marinha (Caretta caretta), a Gestiba (Sarcostemma daltonii) e o Coqueiro (Cocos nucifera)

 

Monte Vigia

Fica localizado no lado norte da cidade de Pedra Badejo, na localidade de Achada Fátima. É um monte de fácil acesso e muito visitado devido à ampla vista sobre toda a cidade de Pedra Badejo e arredores que se consegue ter no cimo da cruz de ferro com 26 metros de altura. 

 

Monte Bidela e Monte da Cruz

O primeiro fica localizado na extremidade sul do concelho enquanto o segundo entre os povoados de Achada Laje e Covão Sanches, e ambos apresentam um elevado interesse paisagístico e geológico, por isso a Câmara Municipal, no seu PDM propõe que sejam incluídos na Rede Nacional de Áreas Protegidas (RNAP) como monumentos naturais. São acedidos por trilhos normalmente usados por pastores.

Outros montes podem também ser visitados pelo panorama que proporcionam sobre as localidades vizinhas, tais como o monte Asno, monte Sal e monte Grande.

 

Pedra Badejo

Fica num plateau na costa leste da ilha de Santiago, é a sede do município de Santa Cruz e a 3ª maior localidade no que tange ao número de habitantes na ilha. Ascendeu à categoria de vila no dia 2 de julho de 1973 e em 2010 a cidade.

É uma das localidades do concelho cujo centro histórico precisa ser reabilitado e conservado para fins turísticos e preservação cultural, principalmente devido ao tipo de construção tradicional existente

 

Achada Igreja

Em tempos, ali existiu a primeira igreja Matriz do concelho em consagração ao padroeiro local – “Nhu Santiago Maior”. Presentemente deste ícone religioso-cultural, só restam vestígios da fachada da Igreja, rodeados de algumas sepulturas que indicam a existência de um cemitério. Existe um projeto e intenções para a sua reabilitação, o que é muito bem visto pela comunidade local. Além das ruínas já referidas, pode-se visitar as duas lagoas naturais, Lagoa e Lagoinha, que existem no limiar da praia de areia negra e a própria praia.

 

Cancelo

Localizado na zona norte do concelho, o seu centro histórico é de interesse para visitas onde se pode observar o modo de vida local e edifícios de arquitetura tradicional. Apresenta potencialidades tanto para o desenvolvimento do agroturismo na propriedade conhecida como “Justino Lopes”, outrora uma grande produtora de alimentos que abastecia toda a ilha; como para o turismo balnear na praia de coqueiro.


Porto Madeira

 Localizada no extremo sul do concelho, tem uma estrada de acesso a partir da estrada principal do concelho, antes de se chegar à localidade de Renque Purga na direção Praia – Santa Cruz. 

A via de acesso encontra-se em bom estado de conservação mas existe algumas dificuldades em relação à frequência de transportes públicos para a povoação.

Desde a segunda metade da década de 90, a localidade de Porto Madeira vem sendo transformada numa aprazível vila artística e turística, com o objetivo maior de melhorar as condições de vida da população local e promover a arte e os artistas de todo mundo, através do projeto 6º Continente.

Esta filosofia de vida, 6º Continente, carateriza-se pelo envolvimento da população local na tomada de decisões dos programas a incrementar e na sua utilização como mão-de-obra, ou seja, inclui os moradores no processo de desenvolvimento local.

Tem-se realizado vários projetos para o desenvolvimento do artesanato e do turismo neste povoado, transpondo várias barreiras, principalmente de ordem financeira, tais como:

•A Avenida dos Artistas, a rua principal que guia o visitante pela povoação acompanhado por uma exposição permanente de poesias, fotografias, ditados e outros componentes artísticos;

•A Residência dos Artistas, uma casa de estilo tradicional do meio rural que acolhe todos os artistas que queiram passar uma temporada na povoação a troco de uma peça de arte feita pelo artista visitante durante a sua estada;

•O Caminho Poético, um trilho de terra batida com várias peças, poesias e outros elementos artísticos ao longo de um percurso que vai até o ponto mais alto do concelho, o monte Bidela;

•A rotunda da Meia-Lua, um anfiteatro a céu aberto com programas artísticos diversos, como declamação de poesias, serões musicais, etc; 

•O miradouro ou a Cruz do Batismo, um dos pontos com uma bela vista sobre parte da localidade, onde antigamente se realizavam os batizados locais;

 

Ribeira Seca

É a maior ribeira do concelho e, apesar do nome é muito verde, apresenta uma paisagem antrópica com culturas de regadio e sequeiro, onde já introduziram o sistema de rega gota-gota para maior rentabilização das terras e o aproveitamento das águas provenientes da barragem do Poilão. O PDM local propõe a sua proteção como paisagem protegida dentro da RNAP do país. É uma ribeira de grande extensão e de fácil acesso, pois por ela passam as duas principais estradas que ligam o concelho aos municípios vizinhos da parte sul da ilha.


Ribeira de Cumba

Da zona de Achada Ponta pode-se desfrutar da viçosa paisagem desta ribeira que é uma das encostas mais espetaculares do município de Santa Cruz, onde se pode observar algumas espécies da fauna e flora local, destacando-se pequenos grupos de macacos.
 

Ribeira dos Picos 

Do alto da localidade de João Toro, usufrui-se de uma vista privilegiada da vasta e verdejante Ribeira dos Picos, com coqueiros e bananeiras a sobressaírem na paisagem. 

É uma ribeira de fácil acesso e pela sua localização e caraterísticas ambientais, possui uma vasta gama de pássaros e plantas endémicas que constituem o seu forte atrativo turístico.

Representa o terceiro elemento na categoria de paisagem protegida proposto pelo PDM local para a RNAP. Existem outras ribeiras no concelho e todas podem ser visitadas pelas suas caraterísticas naturais e pelas paisagens antrópicas, como a Ribeira de Saltos, Lage, Flamengos e de Santa Cruz.
 

Lagoa e Lagoínha

Em algumas das desembocaduras das ribeiras formam-se alguns charcos temporais, por arrastamento de águas pluviais que se concentram em frente a barras de calhaus e areias, com vegetação caraterística e uma peculiar avifauna.

No concelho de Santa Cruz destacam-se dois charcos, Lagoa e Lagoínha, localizados nos arredores de Achada Igreja, ambos de fácil acesso a partir desta localidade, na desembocadura da Ribeira dos Picos e Ribeira Seca respetivamente.

Encontram-se em mau estado de conservação, visto servirem de depósito de entulhos e outros tipos de lixo das localidades vizinhas, o que prejudica a biodiversidade deste meio. 

Foram declaradas Zonas Húmidas de Interesse Internacional, de acordo com o Convénio RAMSAR, assinado por Cabo Verde, devido ao alto valor ecológico que apresentam e são propostas para a categoria de reserva natural temporal dentro da RNAP de Cabo Verde

 

Praia de Areia Grande

É a maior praia do concelho, com mais de 3 quilómetros de extensão, onde todos os anos se realiza o famoso festival de música de Areia Grande, bem como outras atividades culturais e desportivas. Localizada nas proximidades da estrada principal do concelho, encontra-se em bom estado de conservação, precisando, contudo, de mais intervenções principalmente a nível do saneamento.


 

Praia de Porto Fundo

Localizada atrás do Monte Vigia, na Ponta de Santa Cruz, é uma linda enseada de águas calmas que oferece uma bela paisagem natural ao visitante. Apesar da pouca intervenção humana notória, pode-se constatar uma velha escadaria que pode ser reaproveitada para fins turísticos. Existe porém uma lixeira municipal na estrada de acesso.

A pequena praia de calhaus precisa de algumas intervenções de melhoramento para melhor se usufruir deste lindo pedaço secreto.

 


Praia de Mangue

Localizada na foz da Ribeira de Mangue, é uma praia com alguma dificuldade de acesso devido as condições da estrada.

Representa um dos pontos tradicionais de desova de tartarugas da espécie Caretta caretta na costa Este da ilha, o que lhe confere interesse para estudos científicos e observação desta e de outras espécies que a frequentam, mas também muito procurada por pessoas de outros concelhos para os seus programas de fins-de-semana. Ali se encontra os vestígios de um barco encalhado há muitos anos atrás de nome Agrillia, do Panamá. 

 

Praia de Coqueiro

Fica nas proximidades de Cancelo, é considerada uma das mais belas praias de Santa Cruz e assemelha-se a uma paisagem lunar com pequenas crateras vulcânicas. É uma das duas ZDTI do concelho no entanto, a apanha da areia para a construção civil tem vindo a degradar a praia, prejudicando toda a beleza cénica, bem como a flora e a fauna local.

 

Orla Litoral Ponta Coqueiro a Ponta Ribeira Lage

Localizada entre as localidades de Cancelo, Covão Sanches e Achada Lage, é uma extensa área costeira com alto valor paisagístico e de fortes interesses científicos devido à fauna e flora deste tipo de paisagem, por isso o PDM local propõe a sua inclusão na RNAP de Cabo Verde como uma Reserva Natural Temporal Litoral. Fica a escassos metros da estrada que liga o concelho ao município vizinho de São Miguel.

 

Baía entre Areia Branca e Ponta do Salto

Nesta baía pode-se encontrar exemplares de corais, principalmente dos géneros Porites e Siderastrea, que pelo valor ecológico e paisagístico constituem fortes atrativos turísticos, resguardando criteriosamente os pilares de sustentabilidade para a preservação de um ambiente tão frágil. 

 

Entre em contacto connosco para mais informações.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.