Contexto histórico do Município


À semelhança do município de São Filipe, o povoamento dos Mosteiros esteve ligado à produção agro-pastoril. É um concelho predominantemente agrícola, cujas culturas dominantes são: o café, a uva, o algodão e a purgueira.
A produção do algodão permitiu o desenvolvimento da indústria têxtil, nomeadamente, no fabrico de panos. O café do Fogo e o vinho (“Manecon” e outras marcas), produzidos em Mosteiros e Chã das Caldeiras respectivamente, têm vindo a ser um cartão-de-visita da ilha e um dos produtos mais exportados.
A sociedade mosteirense embora seja mulata é fortemente marcada pela presença dos brancos, ou seja, estes constituem a classe dominante (inventário dos recursos turísticos).
 

Criação
O concelho de Mosteiros foi criado em 1991, pela lei nº 23/IV/91, de 30 de dezembro, que entrou em vigor a 2 de janeiro de 1992. Porém, torna-se necessário dizer que a vocação autárquica e a tradição histórica-administrativa de Mosteiros são anteriores a 1991. Em 1917 foi criado através do decreto nº 3 108-B de 25 de junho e em 1974 pelo Decreto Provincial nº 10, de 11 de julho.

Localização Geográfica
O município dos Mosteiros localiza-se a Norte da ilha do Fogo e ocupa uma área de 85 Km2. É limitado a Norte e Leste pela orla costeira, a Oeste pelo município de São Filipe e a Sul pelo município de Santa Catarina. Trata-se de um município criado em 1991, através da Lei nº 23/ IV/9, II série de 30 de Dezembro. O Município dos Mosteiros comporta uma única freguesia, a de Nossa Senhora da Ajuda, que se encontra  dividido em 16 localidades, a saber: Vila de Igreja, Queimada-Guincho, Mosteiros-
Trás, Fajãzinha, Feijoal, Ribeira do Ilhéu, Sumbango, Murro, Rocha-Fora/Ligeirão, Atalaia, CovaFeijoal, Pai-António, Cutelo-Alto, Corvo, Achada-Grande e Relva.
O Município do Mosteiros tem 476km2 de superfície e apresenta a forma quase que circular. A maior parte do território Mosteiros encontra-se coberto de lavas resultantes de uma série de erupções vulcânicas que aconteceram ao longo dos tempos, de diferentes idades em termos de escalonamento e de tonalidade.
Em termos geomorfológicos o município é caracterizado pela existência de profundos vales entalhados, com vertentes íngremes e recortados por barrancos. A arriba costeira é abrupta, com desníveis consideráveis, com excepção da zona de Fajãzinha e algumas praias, onde são definidas plataformas rebaixadas contíguas à orla marítima.
Apenas a localidade de Fajã nos Mosteiros possui superfície relativamente plana. As superfícies das encostas circundantes são talhadas por leitos de várias ribeiras, por vezes bastantes profundos. Apesar da existência de afloramentos rochosos, vertentes íngremes, arribas e correntes de lavas, que constituem limitações naturais deste território, pode-se verificar que parte considerável do território municipal apresenta áreas de cultivo.
O Concelho de Mosteiros, em virtude das suas características geomorfológicas, altitude e disposição dos ventos dominantes, possui características climatéricas muito próprias, com destaque para microclimas. Devido ao seu aspecto orográfico, verifica-se a predominância de microclimas áridos e semi-áridos que, à medida que aumenta a altitude, aumenta a pluviosidade e, consequentemente, a diminuição da aridez.
A parte do litoral é árida, ao contrário da zona alta em que se verifica uma vasta área florestal enquadrada na zona húmida. No cômputo geral, o município dos Mosteiros abrange as zonas: áridas na faixa litoral, semi-árida na faixa sub-litorânea e  sub-húmidas nas zonas de maior altitude (inventário dos recursos turísticos).

População
O Município de Mosteiros tem uma população residente de 9.336 habitantes, correspondendo a 1,8% da população de Cabo Verde e 26,2% da população da ilha do Fogo, o que configura uma densidade populacional, aproximadamente, na ordem dos 110 hab/Km2, sendo que 48,1% são do sexo masculino e 51,9% do sexo feminino. A idade média é de 27,8 anos, sendo que 27,5 anos para homens e 31,1 anos para mulheres, inferior à média nacional (29 anos). O índice de masculinidade situa-se na ordem dos 92,5%, abaixo do índice nacional que é de 100,5%.
De notar que segundo as projeções demográficas 2010-2030 do INE, o nosso município apresenta uma taxa de crescimento natural de 1,24%, com uma taxa de crescimento médio anual de -0,3% e uma esperança média de vida à nascença de 71,8 anos para os homens e 80 anos para as mulheres (Diagnóstico territorial do município de Mosteiros).

Mosteiros foi criado em 1991, quando o antigo Concelho do Fogo foi dividido em dois.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.