Hotéis e pensões preocupados com a fraca afluência

A época de Verão e do festival da Baia das Gatas, até agora, não tiveram o impacto esperado, nos hotéis e pensões de São Vicente.

Nos últimos anos na época de Verão tem-se registado uma queda na procura aos hotéis e às pensões para alojamento, em São Vicente.

As diversas estruturas esperam dias melhores apesar de alguns operadores afirmarem que as coisas estão razoáveis, contudo para outras unidades o sentido é de dificuldade.

Começando pelo ramo hoteleiro a única estrutura que aponta não estar com problemas é o Hotel Porto Grande, que espera estar a 100% da sua capacidade nos dias do festival e na semana seguinte.

Os hotéis: Don Paco com 75%, Lazareto com metade da sua taxa de ocupação, Chez Loutcha com cerca de 40% e Foya Branca com 10%, a mais baixa da temporada, são o espelho das dificuldades evidenciadas por diversos operadores.

Sinais de melhorias são esperados no hotel Don Paco cuja taxa de ocupação para os próximos dias devem atingir os 80%.

Num outro extremo apenas uma das pensões contactadas, a Beleza, com duas estruturas em São Vicente, tem motivos para sorrir, ou seja regista uma temporada com uma ocupação a rondar os dois terços da sua capacidade.

Outras há que neste momento, apesar de diversas estratégias promocionais, têm tido pouca procura para dormidas estando algumas estruturas a pensar em alternativas para fazer face às dificuldades encontradas, este ano.

Segundo se conseguiu apurar há pensões sem qualquer hóspede e residenciais com poucas reservas para o fim-de-semana do festival.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.