Enter Title

   Minimize

 

GILBERTO SILVA: GOVERNO VAI PRECISAR DE 600 MIL CONTOS PARA MITIGAR OS EFEITOS DA SECA EM ALGUMAS ILHAS DO ARQUIPÉLAGO

  

De acordo com Gilberto Silva, Ministro da Agricultura e Ambiente, o governo vai precisar de  600 mil contos para mitigar as consequências do mau ano agrícola que se vem fazendo sentir em algumas ilhas do arquipélago.

A seca que tem fustigado Cabo Verde nos últimos anos não dá sossego ás populações de algumas ilhas do arquipélago. Duas das zonas mais afectadas por esta calamidade são os Planaltos Norte e Leste da ilha de Santo Antão.

Para fazer face a mais um mau ano agrícola, o Governo decidiu complementar, nessas localidades, o Plano de Urgência de Mitigação com o Plano Estratégico de Resiliência. Através de um projeto de conservação de solos e manutenção da floresta, financiado através do Fundo do Ambiente, que a partir de 01 de Dezembro vai empregar entre 20 a 25 chefes de famílias, conforme avança o líder associativo Manuel Pinto. “Pensamos que a situação vai melhorar um pouco, embora continue muito complicada porque voltou a não chover”.

Este responsável adiantou ainda que em Comitiva, outra zona do Planalto Leste afetada pela seca, a associação local conseguiu, igualmente, junto do Ministério da Agricultura e Ambiente, o financiamento para um outro projecto com o objetivo de mitigar a situação do desemprego na comunidade.

Segundo a Inforpress, a abertura dessas frentes de trabalho acontece depois de os líderes comunitários terem encorajado as câmaras municipais e o Governo para a necessidade da reabertura do emprego público em Santo Antão, particularmente, nas zonas mais afectadas pela estiagem, como são os casos dos Planaltos Norte e Leste da ilha.

No caso do Planalto Norte, a associação local já solicitou urgência no amparo à população local, na sua grande generalidade criadores de gado.

 

 

FONTE: SAPO.CV

   

 

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.