Fast Ferry Liberdade chega nas próximas semanas para garantir ligações entre ilhas de Barlavento        

O Primeiro-Ministro, José Maria Neves, afirmou, durante a visita que efectuou ao silo do projecto “Ilha Verde”, que o navio Fast Ferry “Liberdade” da Cabo Verde Fast Ferry deverá chegar a Cabo Verde nas próximas semanas, certamente uma grande notícia para o país que passará a contar com mais um navio moderno e rápido para assegurar as ligações entre as ilhas de Barlavento, podendo-se ligar todas as ilhas do país através deste e do navio Kriola.

Com a chegada do “Liberdade” o Primeiro-Ministro acredita que vai-se melhorar “substancialmente” as ligações marítimas entre as ilhas, para além de que, também, o Praia d´Aguada está prestes a sair dos estaleiros da Cabnave onde se encontra de momento em manutenção para reforçar ainda mais as ligações entre as ilhas.

Mais do que isso, o Praia d´Aguada poderá ser o primeiro passo para o reforço das ligações entre Praia e Dacar que ambos os Governos sediados nas duas capitais querem ver concretizada. Neves recorda que o reforço das ligações marítimas entre Cabo Verde e Senegal foi um dos principais temas tratados com a sua homóloga senegalesa, Aminata Touré, aquando da sua última visita àquele país no mês passado.

A ideia é começar pela ligação frequente entre Dacar e Praia e estender depois a Abidjan e assim assegurar a ligação entre o arquipélago e todos os restantes países membros da CEDEAO, contando com o apoio da organização, num quadro de compensação ao nosso país pelas suas características únicas de país arquipelágico.

Em relação ao “Liberdade”, construído de raiz para Cabo Verde, afigura-se como a segunda embarcação da Companhia “Fast Ferry” seguido do Kriola, e está apetrechado com hélice de proa, rampas mais longas e tanque de água maior do que o do Kriola.

Para chegar a Cabo Verde, o Governo teve de ingressar com activos na estrutura social do Cabo Verde Fast Ferry, SA, passando a deter 53 por cento das acções do seu capital social.

O executivo autorizou a direcção Geral do Tesouro a prestar um aval à Cabo Verde Fast Ferry para contrair um crédito no valor aproximado de 371 milhões de escudos junto do banco holandês Rabo Bank para a compra do navio “Liberdade”.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.