FESTIVAL D´MORNA NO MUNICÍPIO DO TARRAFAL DE SÃO NICOLAU

HOMENAGEM ÀQUELES QUE VIAJARAM PARA SÃO TOMÉ.

ARMANDO ZEFERINO SOARES, AUTOR MATERIAL DA MORNA “SODAD” E PATRONO DO FESTIVAL

Entre os homenageados está um casal: Mário e Maria Soares abraçaram, juntos, o caminho de São Tomé e ouviram “Sodad dnha terra Saninclau” .

A edição 2015 do Sodad, festival d’ morna, que acontece dias 10 e 11 próximos vai render homenagem a quatro emigrantes, que viajaram para São Tomé e Príncipe, deixando para trás a comunidade de Praia Branca.

José Nascimento Firmino, nascido a 17.04.1927: José da Cruz Gomes (já falecido), nascido a 7.06.1933, Mário Soares, nascido a 25.02.1925 e Maria Francisca Soares, nascida a 28.10.1931, segundo reza a história, deixaram Praia Branca ao som da morna “Sodad d’nha terra Saninclau”, interpretada por Armando Zeferino Soares e outros instrumentistas que em 2014 também por ocasião do festival d’ morna receberam homenagem da Autarquia.

Estas quatro pessoas estão também na origem desta mítica composição que reporta a saudade dos que partem para a terra longe em busca de uma vida melhor, deixando no torrão natal familiares e outros projetos.

“Quem mostrob es caminho longe… es caminh pa Santomé…”, este verso terá sido várias vezes entoado nesse dia de partida por Armando Zeferino Soares e várias outras pessoas.

Entre os homenageados está um casal: Mário e Maria Soares abraçaram, juntos, o caminho de São Tomé e ouviram “Sodad dnha terra Saninclau”. Lado a lado com José Nascimento Firmino e José da Cruz Gomes, este último já falecido, deixaram a sua Praia Branca.

 

FONTE: NOVO RUMO, FOLHA INFORMATIVA DA CÂMARA MUNICIPAL DO TARRAFAL, Nº 3, ABRIL 2015.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.