Minimize

Executivo municipal aprova instrumentos de gestão para 2014

O orçamento municipal aproxima-se dos 150 mil contos e acompanha o plano de atividades para 2014. Os dois instrumentos de gestão já foram aprovados a nível da Câmara Municipal e aguardam luz verde da Assembleia Municipal que se reúne na próxima semana devendo ainda debruçar sobre outros assuntos.

O Executivo de José Freitas de Brito fez aprovar, os instrumentos de gestão para o ano económico de 2014, o plano e o orçamento são os fios condutores da gestão municipal que se quer cada vez mais próxima das pessoas e focalizado nas questões de melhoria da vida dos cidadãos.

Uma das novidades no plano, é a criação de uma direção para os setores do saneamento e ambiente, áreas fundamentais na gestão municipal e que carece de uma maior aposta de forma a encontrar as melhores respostas para os problemas nestes dois campos.

O orçamento é na ordem dos 149.654.566$00, incluindo o orçamento do Serviço Autónomo de Água (26.434.500$00), registando uma redução na ordem dos 12.735.727$00 quando comparado com o orçamento do ano de 2013, ainda em curso. Dito de outra forma, há um abaixamento na ordem dos 7.8 por cento.

As despesas com o pessoal ficam pelos 48.9 por cento, devendo o programa de investimentos contemplar áreas como ambiente, infraestruturas, requalificação urbana, habitação e proteção social.

Os trabalhos da Assembleia Municipal devem ocorrer a 12 e 13 próximos, no Centro Cultural. Há outros assuntos em pauta para esta sessão de Dezembro, mas desses daremos conta num outro apontamento.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.