Minimize

Cidade da Praia acolhe lançamento oficial da campanha de rastreio do Cancro de próstata

 A iniciativa foi marcada com a assinatura de um protocolo de parceria entre a Associação Cabo-verdiana de Luta contra o Cancro e a CV Telecom, no qual a empresa de telecomunicações disponibiliza mil contos para a campanha de sensibilização, informação e rastreio que arranca no próximo dia 28 na Brava, cujo objetivo passa por alertar os homens em relação a doença.

O cancro de próstata é o segundo tipo de cancro mais mortal nos homens, e representa cerca de um quarto das mortes por cancro nos homens em Cabo verde, segundo dados de 2012.Neste sentido a Associação Cabo-verdiana de Luta contra o Cancro pretende sensibilizar os homens, para que estes tenham a noção de que o cancro de próstata é evitável, pode ser prevenido, e se diagnosticado precocemente pode salvar vidas.

O presidente da Associação, Henrique Vera Cruz explica que todo o trabalho vai ser baseado em iniciativas tipo feiras de saúde onde convocam os homens, fazem palestras e oferecem exame clínico e laboratorial. Este responsável afirmou ainda que "o trabalho não vai ser fácil, porque um dos grandes problemas de saúde pública é que os homens procuram pouco os cuidados primários de saúde, só procuram quando estão doentes, e isto tem um impacto muito grande, seja a nível económico, seja do sofrimento do doente e da família".

Para Eduardo Mendes, Administrador da CV Telecom, o engajamento da empresa “resulta da política de responsabilidade social, na qual a saúde faz parte”.

Por sua vez, a Ministra Cristina Fontes Lima que presidiu a abertura oficial da campanha, garantiu que o Ministério da Saúde apoia a campanha, e que neste momento querem, para além de rastreios, estar preparados para dar respostas curativas. “Temos estado a investir nesse sentido, e já contamos com cerca de 3 oncologistas e dois urologistas”, salientou a ministra.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.