CMP assina Memorando para a construção de Parque Empresarial

A Câmara Municipal da Praia assinou na tarde de ontem, 23 de Setembro, um Memorando de Entendimento com a Associação Empresarial de Luanda para criação e exploração de um Parque Empresarial na Cidade da Praia, denominado Complexo World Trade Center Praia. O futuro Parque Empresarial vai se localizar em Palha Sé e vai ocupar uma área de 50 hectares de Terreno.

O Parque Empresarial é um espaço infra-estruturado para a instalação de actividades de âmbito empresarial (indústria ligeira não poluente, logística, serviços, TIC, hotelaria, escritórios, start ups, etc), às quais se encontram associadas actividades de prestação de serviços de apoio às empresas, numa lógica de gestão condominial (espaços para estacionamento público e parque de estacionamento para veículos pesados; áreas para lazer e equipamentos colectivos; serviços de apoio e restauração; posto de socorro, de manutenção, segurança e limpeza das áreas de utilização comum).

Segundo o Presidente da CMP, Ulisses Correia e Silva, é com muita satisfação que a Autarquia assina este memorando, pois vai dotar a cidade de um parque vocacionado para o acolhimento empresarial.

“Trata-se de um memorando desejado com um impacto que perspectivamos quer para Praia, quer para Cabo Verde. É com acto concretos como este, que damos corpo a tudo que é o espaço de relações políticas, económicas e empresariais entre os dois países”, salientou.

Ainda segundo o mesmo o memorando ora assinado ultrapassa a fronteira de Cabo Verde e Angola para abranger CPLP, na medida em que as funções que desempenha, conjuga a vertente da promoção empresarial.

“O espaço vai ser de grande desenvolvimento económico, empresarial e de investimentos entre todos os países que fazem parte da CPLP,” afirmou.

Relativamente aos investidores cabo-verdianos o Edil avança que o projecto vai estar aberto a participações para que traga mais dinâmica empresarial para o nosso tecido empresarial. Por seu turno, o Presidente da Associação Empresarial de Luanda considera o ato com um “grande contributo” para implementar as relações empresariais entre os empresários da Cidade da Praia e Luanda.

O projecto vai permitir a constituição de um amplo conjunto de negócios. Propomos lançar aqui na Praia à semelhança daquilo que fazemos em Luanda. Teremos a possibilidade de instalar neste complexo um conjunto de empresas de serviços de indústria, e que poderão certamente aumentar o rendimento e criar mais emprego, salientou.

Para a concretização da criação do Parque Empresarial, a CMP, a AEL, a PARKGEST e WTCP acordam constituir um fundo de investimento imobiliário fechado, destinado a integrar o projecto de construção das infra-estruturas do Parque Empresarial World Trade Center Praia e de um hotel.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.