CENTRO CULTURAL NORBETO TAVARES ACOLHE TERTULIA COM JOSÉ MARIO BRANCO

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA CATARINA DE SANTIAGO

GABINETE DE COMUNICAÇÃO E IMAGEM

 

Prezado/a Jornalista

A ideia é celebrar a data emblemática do 25 de Abril de 1974 (dia da “Revolução dos Cravos” em Portugal) a uma cadência diferente, com conversas soltas e as palavras todas de JOSÉ MÁRIO BRANCO – um homem, um combatente que atravessa a história da luta pela liberdade dos povos de Portugal e de África -, para que as memórias não se apaguem.

Iniciativa do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua – Centro Cultural Português, logo acolhida com entusiasmo pela Câmara Municipal de Santa Catarina, a TERTÚLIA COM JOSÉ MÁRIO BRANCO acontece esta terça-feira, 24, no Centro Cultural Norberto Tavares, a partir das 17h00.

Nome referencial da música portuguesa, JOSÉ MÁRIO BRANCO está para além desta arte, que escolheu também como arma de combate pelo que é preciso.

Um combate, aliás, que iniciou muito jovem, ainda estudante universitário, no Porto (sua terra natal), e que o levou à prisão - por lutar contra a ditadura fascista - e ao exílio (em França), por não concordar com a guerra colonial e defender a libertação dos povos africanos.

Músico, Cantor, Maestro, Orquestrador, JOSÉ MÁRIO BRANCO tem o seu nome ligado, ainda, ao Teatro e, ultimamente, tem vindo a trabalhar com a nova geração do Canto de Protesto (o hip-hop), nomeadamente, com Chullage (um filho de caboverdianos).

Para além do grande músico que é, reconhecido em Portugal e no estrangeiro, JOSÉ MÁRIO BRANCO é um homem de causas e convicções, numa vida construída pelos valores da ética, da solidariedade e da liberdade, e uma referência para várias gerações.

Avô de três caboverdianas, JOSÉ MÁRIO BRANCO é pai do nosso João Branco (fundador do prestigiado Mindelact). 

A convite do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua – Centro Cultural Português, a moderação da TERTÚLIA COM JOSÉ MÁRIO BRANCO está a cargo do ex-jornalista e atual Coordenador do Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal de Santa Catarina, António Alte Pinho.

Dois Brancos de duas gerações e das melhores colheitas…

Uma hora antes, pelas 16h00, Manuel Brito-Semedo apresenta “Dôs – Diálogos sobre a Arte e a Vida”, o último livro de João Branco. A obra resulta de conversas com 33 artistas, músicos, poetas, escritores e arquitetos, num período que vai de 2010 a 2018, agora publicadas pela Editora Rosa de Porcelana.

Nascido em Paris, cidade onde os pais se encontravam exilados, João Branco é um caboverdiano por opção e nome bem conhecido do Teatro mindelense.

Antes de “Dôs – Diálogos sobre a Arte e a Vida”, João Branco levou à estampa “Nação Teatro”, “Crónicas Desaforadas” e “Palco 50”, onde as conversas sobre a vida, o Teatro e Poesia, mas também a Música e a Arquitetura são uma recorrência.

Um dia grande para o Centro Cultural Norberto Tavares que junta no mesmo espaço e a duas cadências diferentes, mas convergentes, dois Brancos de duas gerações e das melhores colheitas. Sem dúvida, momentos imperdíveis.

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif


 

-- 

Com as melhores saudações,

António Alte Pinho
Coordenador do Gabinete de Comunicação e Imagem
Câmara Municipal de Santa Catarina


Rua Padre Louiz Allaz (antigas instalações da RTC) | Assomada | Santa Catrina | Cabo Verde
(+238) 938 45 59 - 534 78 40 |
 
comunicacao.santacatarina@gmail.com | www.cmscst.cv | web.facebook.com/CMSCST/

 

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.