APANHA DE INERTES: CÂMARA ASSINA PROTOCOLO COM ICIEG

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA CATARINA DE SANTIAGO

GABINETE DE COMUNICAÇÃO E IMAGEM

 

 

Prezado/a Jornalista

A Câmara Municipal de Santa Catarina, em parceria com o Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade de Género (ICIEG), apresentou um projeto de reconversão da apanha de inertes junto à CEDAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental).

Num valor total de cinco mil contos (cinco milhões de escudos), o projeto, que recebeu a aprovação da CEDEAO, veio a ser financiado em parte, num total 3.305.788 ECV.

Tendo em vista o desbloqueio da primeira tranche do valor financiado, a Câmara Municipal e o ICIEG assinam o presente protocolo esta quinta-feira, 09, às 16h00, no Espaço Jovem de Ribeira da Barca.

Em nome das duas instituições, subscrevem o protocolo o Presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, Beto Alves, e a Presidente do ICIEG, Rosana Almeida.

Com expressão em várias praias de Cabo Verde, a apanha de inertes merece séria preocupação dos poderes públicos e dos ambientalistas, sendo que Santa Catarina não foge à regra.

Sendo uma atividade que, em particular, nas comunidades de Rincão, Fundura, Furna e Ribeira da Barca tem sido o ganha pão de muitas famílias, maioritariamente chefiadas por mulheres, tem tido consequências nefastas para o equilíbrio ambiental e para a saúde, havendo até registo de mortes, o que se pretende obstar com o projeto de reconversão da apanha de inertes.

 

-- 

 

Com as melhores saudações,

António Alte Pinho

(+238) 921 35 17 | (+238) 938 45 59

 

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.