Águas residuais nos subúrbios do Mindelo

A chuva que caiu, durante estes dias em São Vicente, fez com que algumas tampas das fossas sépticas municipais saíssem do sítio.

O volume das enxurradas, muitas vezes, leva ao entupimento dos canos dos esgotos e as águas residuais ficam expostas à convivência humana.

Na zona de Fonte Francês duas fossas vertem, neste momento, água, num intervalo uma da outra de cerca de 150 metros, no meio da estrada deixando o ambiente nauseabundo.

A situação acontece numa das vias de grande circulação interurbana, próximo da rotunda da antiga discoteca Fantastic, em Fonte Francês. À passagem dos carros é inevitável e o contacto com a água do esgoto, que vai saindo das fossas e correndo pelo chão, acontece devido à passagem das viaturas que vão repelindo a água até aos passeios.

Pessoas, ciclistas ou mesmo motociclistas evitam pisar a água mal cheirosa e poluente. Alguns motociclistas sobem nos passeios para fugir ao mesmo, pondo em perigo também os peões. Um cheiro que é também um incómodo para quem vive nessas ruas e para os populares que por lá passam, com os dedos apertando o nariz.

© www.anmcv.com - 2010
Dom DigitalProduzido por Dom Digital.
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.